quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Variável Governo no Marketing | Anvisa quer padronizar rótulos de produtos de limpeza

Há muitas indústrias que só investem em marketing quando são motivadas por regulamentações do Governo. Para evitar intoxicações pelos consumidores, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) pretende padronizar os rótulos dos produtos de limpeza, como desinfetante, água sanitária, detergente e inseticida.

Esses produtos, chamados de saneantes, são a terceira maior causa de intoxicação no País, de acordo com o Sinitox (Sistema Nacional de Informações Tóxico Farmacológicas). Atualmente, cada categoria tem sua própria forma de rotulagem, o que acaba confundindo o consumidor.

Além da padronização, a proposta da Anvisa é criar um selo de registro que comprove a liberação do produto pela agência. O novo rótulo deverá apresentar dados do fabricante, da composição e a finalidade do produto.

Também será necessário que a embalagem aponte as situações em que o produto não deve ser usado, onde armazenar e os primeiros socorros em caso de intoxicação. A proposta proíbe que essas informações sejam impressas em áreas da embalagem que possam ser jogadas fora, como tampas e lacres de segurança.

Esses dados devem ser apresentados em letra legível, com 1 milímetro de altura entre as palavras e cor diferente da usada no fundo. Não será permitida a escrita a mão. As palavras em destaque deverão ser impressas em letras maiúsculas, negrito e com o dobro do tamanho do restante do texto. A proposta veda o uso de termos como não tóxico, seguro, inócuo, não prejudicial, melhor, excelente e incomparável.

O Centro de Controle de Intoxicações lembra ainda que as embalagens já divulgam um telefone para emergência. “A pessoa que ligar para aquele número que consta no rótulo deverá obter orientação em relação ao que fazer com a pessoa exposta. Então, é preciso que haja do outro lado da linha um profissional de saúde apto a dar essa orientação”, afirma Edna Maria Miello Hernandez, coordenadora do centro.

Se você trabalha em outras indústrias, será que suas embalagens já informam corretamente?
Fonte: Jony Lan, Especialista em estratégia, marketing e novos negócios - http://www.mktmais.com







Nenhum comentário:

Postar um comentário