domingo, 23 de janeiro de 2011

No planejamento de marketing, as catástrofes naturais afetarão a economia no Brasil?

Você acha que com essas catástrofes naturais ao redor do mundo. Acha possível afetar a economia no Brasil?_________________________________
Também é muito oportuno a sua pergunta, já que estamos iniciando o ano e isso pressupõe desde as finalizações dos planejamentos dos atrasados aos que estão ponto em prática e só acompanhando os indicadores.

Não sei qual é realmente o negócio da empresa em que trabalha, mas em um Plano de Marketing é importante frisar que não se busca só minimizar os riscos, mas tentar prever o que vai acontecer dentro do que será executado. Previsão, dizem os especialistas, é que nem os meteorologistas, nunca há 100% de garantia. E ao pesquisar sobre 2011, é bem provável que não encontre coisas específicas, mas sim tendências de números e questões dispersas. Os especialistas não querem se comprometer demais em certos assuntos.

Bom, sobre sua pergunta, se as catástrofes afetarão a economia do Brasil, lhe digo que se ocorrerem fora do Brasil sim. O Brasil irá exportar mais, isso se houver excedente do consumo interno. Eu penso assim, desastres no exterior normalmente devastam campos, significa que os preços, dependendo de onde for, poderão subir, o que garante maior vantagem ao exportar os nossos famosos commodities. Aí sim, afetará de forma positiva. Não consigo "ver" as catástrofes fora do Brasil como algo que afetará negativamente. Falando em comida, um país devastado precisa se alimentar e nesse ponto, o Brasil dá todo o suporte necessário. Isso afetará a economia, mas de forma positiva. Aproveitará quem estiver mais preparado.

Se afetar países em que o Brasil tem bom relacionamento e que não são assim, uma economia forte, sabemos que as grandes construtoras poderão participar da reconstrução do país afetado. Interessante né? O Brasil tem condições de reconstruir o que foi destruído dos outros países, mas até o momento o que vemos internamente é uma lentidão nesse ponto. Faz parte da nossa cultura interna quando atrelada à decisões políticas.

No lado negativo, um possível cenário seria um setor da economia brasileira depender de exportação ou importação para o país afetado. Se por exemplo o país afetado direcionar os investimentos para outro setor em função das catástrofes, não irá comprar de nós ou não irão exportar para nós, já que com tudo destruído, as indústrias precisarão abastecer o mercado interno primeiro. E por aí vai. Acho muito mais fácil as catástrofes naturais em nosso país afetar nossa economia do que as que afetam os países no exterior.

Fonte: www.mktmais.com, Jony Lan, Especialista em estratégia, marketing e novos negócios

Nenhum comentário:

Postar um comentário